Nossa atual pirâmide alimentar está correta?

Olá meus amigos leitores!

Hoje eu quero falar sobre algo que já está mais do que determinado em nossas vidas:

A pirâmide alimentar!

Recordo como se fosse ontem, quando entrei em uma determinada empresa para trabalhar, sobre a apresentação geral dos setores. Ali passamos a saber o que a empresa possuía em seu âmbito para melhor atender seu quadro de colaboradores. Aprendemos sobre a brigada de incêndio, departamento de segurança e os demais setores. Coisas comuns dentro de uma empresa de grande porte.

O real motivo para falar disso hoje, foi que nos fora apresentado também o setor nutricional. Tivemos uma palestra com a  nutricionista responsável pelo restaurante que nos mostrou como funcionava o trabalho dela e sua equipe. Lembrando disto, me veio em mente editar este artigo, pois ela nos apresentou a atual pirâmide alimentar.

Surgiram questionamentos…

Ontem pesquisando na internet, estava dentro de um sítio paleo/lowcarb que sigo (dr Souto – link na barra lateral do blog), onde retratava sobre este assunto.

Me aprofundei na pesquisa e acabei parando em alguns sites internacionais onde explanou que em alguns países já não se segue mais esta linha (Piramide alimentar) e que atualmente já adotam o nosso estilo primal.

Que bacana não é mesmo? Bom sinal!

Bem, e o que isto quer dizer?

Significa que por detrás de todo o drama alimentar existentes sobre os carboidratos simples, grãos, a soja e os óleos tradicionais em benéficos à nossa saúde, existem enormes controvérsias.

Observamos então que a coisa não funciona tão bem assim como nos vêem apresentando ao longo dos anos.

Não estou aqui para vender idéias, mas para pregar o que faz bem e realmente transforma, como aconteceu e ainda acontece todos os dias comigo. Sou prova viva disto!
Desde que abandonei a nossa querida e atual pirâmide alimentar (vide imagem), venho me beneficiando dia a dia dos resultados. Não digo somente de maneira estética porque acredito que o resultado estético é automático. Venho porém firmar com vocês que a saúde está em primeiro lugar e que o estilo Paleo/Primal com certeza voltou para ficar.

Sei que não deveria e nem tenho a obrigação de fazer isto, mas se desejo credibilidade da parte de todos vocês como leitores e amigos, preciso também estar no mesmo time.

Falando de exames…

Eu sou do tipo que ao testar novos ideais, quero fazer conforme manda a regra e ver os resultados para concluir se vale a pena ou não adotar. Então se a ideia principal deste blog é mostrar o real sentido de seguir o estilo Paleo/Primal, preciso vivenciá-lo integralmente antes de passar qualquer tipo de informação e em seguida aplicar os exames clínicos para total verificação.

Para o meu espanto, os meus exames estão mais do que ótimos. Nos últimos anos, apesar de não ser sedentário, ao verificar minhas taxas, assumo que em algumas me assustei e acendi o alerta vermelho.

Apesar do espaço de um ano entre eles, posso garantir que as mudanças vieram a partir do momento em que assumi meu novo estilo de comer. Não cabe a mim convencê-lo de nada, porém não somente o meu, mas como diversos testemunhos estão aí na internet para averiguar a consistência dos fatos.

A grande diferença!

Ao analisar e fazer os comparativos, pude perceber como as minhas taxas se modificaram para melhor, principalmente aquelas que estavam mais alteradas, que era o lipidograma e o hepatograma.

A partir de tais mudanças, não adquiri tão somente mais energia para viver e realizar minhas atividades, mas um bem estar incomparável.

Chego então a conclusão de que realmente somos aquilo que comemos e não aquilo que devemos comer conforme a indústria nos tem ensinado há décadas.

Buscar informações à respeito disto é extremamente vital, afinal é a nossa saúde que está em jogo.

Ao escrever este artigo, fiquei imaginando o número de pessoas que atualmente se encontram com sobrepeso, doenças metabólicas, falta de energia e completamente perdidas em fórmulas para emagrecer, pois não conseguem de fato chegar aonde necessitam.

Pensei também no número de pessoas que mesmo estando passando por diversos problemas ainda estarão resistentes às mudanças, pois acreditam que os açúcares de forma geral, sejam os refinados, os integrais, os grãos e farináceos, ainda que dosados os ajudarão a obterem resultados. É justamente aí que mora o perigo. O que pode parecer bom, com o tempo vai destruindo seu corpo e sua saúde de forma lenta, aumentando os riscos de adoecer.

Definitivamente, venho por meio deste blog, não semente hoje, mas em todos os artigos que ainda irei lançar, a lhe desafiar em seguir este estilo paleo/primal e com isso fazer com que você mesmo se analise o quanto funciona e que não existe nada que venha torná-lo complicado.

Quero deixar este desafio!

Assim como precisei abrir a minha mente, proponho que também abra a sua. Aqui não existe perdas. De uma coisa vocês podem ter certeza: Um corpo mais saudável e belo está à sua disposição, basta agora seguir e fazer o que há de ser feito.

Saiba que ninguém vai poder agir por você e que dar ouvidos àqueles que pouco se importam é muito mais fácil do que aderir ao que é realmente bom e funciona, mas para abrir a sua mente, você precisa agora sair do meio da multidão e dar uma chance a si mesmo.

Comece agora e não deixe para depois aquilo que trata do maior bem que possuímos: 

A nossa saúde!

Um grande abraço e vamos Emagrecer Sempre Bem!

Até a próxima e não deixe de se cadastrar em nosso blog para ser notificado sobre os novos artigos!

Marcio Roberto

2 thoughts on “Nossa atual pirâmide alimentar está correta?

  1. Fabiana Sant Anna

    Como mudar para uma alimentação adequada…

    1. Olá Fabiana, tudo bem? Estou feliz com a sua visita e obrigado pelo seu comentário.
      Através do guia que você baixou, encontrarás a melhor maneira de começar sua alimentação paleolítica.
      Observarás que não existem mistérios quanto aos alimentos e que a flexibilidade para montar seus pratos é enorme.
      Continue pesquisando bastante e não desanime jamais. Os resultados são fantásticos.
      Um grande abraço!

Leave a Comment